quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

ALBERTO JOÃO JARDIM DEMITIU-SE

As novas eleições nunca serão antes de Maio, ou seja, pelo menos durante dois meses e meio a Madeira vai viver num regime democrático.

1 comentário:

Ultimate Dream disse...

Eu percebo-o, é uma desculpa rasca para ter tempo de recuperar da ressaca do carnaval...
www.aempatia.blogspot.com